RSS

Arquivo da categoria: Dicas

Haiku: o novo BeOS

Haiku, conhecido anteriormente como OpenBeOS, é um projeto que está reconstruindo o sistema operacional BeOS a partir do zero, com uma licença de uso de código aberto. O projeto conta com a ajuda de programadores que participaram do desenvolvimento do BeOS original no esforço de fazer do Haiku um novo BeOS, otimizado para os tempos atuais.

História

O projeto começou como “OpenBeOS” em 2001 após a compra da Be Incorporated pela Palm e o subseqüente fim do desenvolvimento do BeOS. A compra deixou os usuários do BeOS sem perspectivas de melhorias e atualizações, e os criadores de programas para BeOS sem uma plataforma viável.

Um entre diversos projetos apresentados com o objetivo de continuar o sistema operacional, o OpenBeOS se distingüia do Cosmoe e do BlueEyedOS por não usar um núcleo Linux ou BSD existente e sobre ele reimplementar a API do BeOS (o que o tornaria incompatível com os programas existentes para BeOS e alteraria radicalmente a estrutura do sistema). O projeto planejou uma quase completa reconstrução do sistema, mantendo compatibilidade de programas e códigos fonte, permitindo assim que os programas existentes para BeOS possam ser executados no novo sistema sem a necessidade de uma recompilação.

Origem do nome

Em 2004 um novo nome foi escolhido para o projeto a fim de evitar o uso indevido de uma marca registrada agora em posse da Palm. O novo nome, decidido entre os líderes do projeto e influenciado por uma enquete realizada entre a comunidade, foi revelado na conferência WalterCon daquele ano. O nome “Haiku” pretende refletir a elegância e simplicidade que atraíram vários usuários para o BeOS, além de ser uma referência direta às mensagens de erro exibidas na forma poética japonesa haiku pelo navegador NetPositive e outros programas da Be.

Se você gostou da história e quer ver umas fotos do sistema, baixe o pacote de fotos que preparei <4shared>

Não deixe de comentar sobre o sistema.

Fonte da história: Wikipédia.

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em março 14, 2011 em Dicas

 

Tags: , , ,

Gerador de senhas

Olá pessoal,

Acabei de terminar mais um Shell Script com Zenity. Esse é um gerador de senhas. Com ele você pode dar mais segurança ao seus bancos de dados e E-mails com senhas realmente seguras.

Todos caracteres são aleatórios no modo automático e no modo manual você pode escolher uma frase, quantos caracteres maiúsculos, quantos números e substituição de caracteres. ex. Todos A substitui por @.

Esse é um projeto baseado no script do @cotidianolinux e foi melhorado em algumas partes. Colocarei um arquivo tar.bz2, ele terá todos arquivos necessários para utilização completa do programa.

O arquivo que começa com Zenity é baseado em diálogos gráficos. (Criado por mim)

O arquivo que começa com Shell é baseado em linhas de comando. (Criado por mim)

O arquivo que começa com Auto é o script original com pequenas modificações. (Modificado do projeto original)

O arquivo em .zip é o original do @cotidianolinux.

Download 1: <4shared> – tar.bz2

Download 2: <4shared> – zip

Download 3: <mediafire> – tar.bz2

Download 4: <mediafire> – zip

Obrigado e até a próxima.

 
Deixe um comentário

Publicado por em março 8, 2011 em Dicas

 

Tags: , , , , ,

Inverter URL com Python e Glade

Olá,

Segue o download de um pequeno programa que fiz em Python para inverter URL.

Dependências: Python e GTKbuilder.

Esse “software” é Open Source, licenciado sobre a GPLv3 ou superior.

Agora, gostaria da ajuda de uma pessoa, para compilar esse software para Windows.

Download 1: <4shared>

Download 2: <mediafire>

Até mais…

 
Deixe um comentário

Publicado por em fevereiro 28, 2011 em Dicas

 

Tags: , , ,

Blogilo: Cliente para blog

Olá pessoal,

Eu estava procurando um cliente para blog, pois ficar abrindo o navegador, logar e esperar a boa vontade da minha internet para criar uma postagem, é de mais.

Esse programa dá a opção de editar com o editor (botão de fonte, alinhamento, etc) ou como HTML.

Só para testar:

Tamanho da fonte

Alinhamento

  1. Marcador 1
  2. Marcador 2

Dá para escolher a categoria da sua postagem também. Só não é possivel criar categorias novas.

Até imagens é possivel colocar:

É isso, para quem usa Ubuntu 10.10, dá para baixar pela central de programas.

O site oficial do projeto é esse.

Bom download.

 
Deixe um comentário

Publicado por em fevereiro 25, 2011 em Dicas

 

Tags: , , , , ,

Dica para configurar Xorg

Olá,

Se você é um técnico, você provavelmente já se deparou com uma instalação do Ubuntu ou outra distribuição Linux que o vídeo fica muito instável, analisando o computador, você se depara com um chipset de vídeo da SIS ou VIA e você torce o nariz e pergunta: E agora como resolver esse problema?

Se você não sabe, existe um driver de vídeo para SIS e VIA que se chama OpenChrome, porém, esse driver não funciona bem em notebooks, a alternativa é utilizar o driver VESA (no meu caso foi assim). Como configurar o VESA no Xorg novo (já que as distribuições mais novas não tem o arquivo de configuração xorg.conf)?

Simples, digite tudo… =O

Brincadeira, vamos lá pros comandos:

[willian@willian-pc]:~$ sudo -s #Entra como super usuário

[root@willian-pc]:~# X -configure :1 #Gera um arquivo de configuração novo

[root@willian-pc]:~# cp xorg.conf.new /etc/X11/xorg.conf #Copia o arquivo de configuração para pasta do X11

Agora, chegou a parte mais chata, pois é difícil  explicar, mas vou tentar.

Entra no arquivo que você acabou de copiar:

[root@willian-pc]:~# gedit /etc/X11/xorg.conf

Você vai achar uma parte que está escrito: Section “Device”

Logo mais em baixo tem algo como: Driver      “openchrome”, edite essa linha para que fique parecida com essa: Driver “vesa”. Pronto, agora salve o arquivo e reinicie o computador. Ao ligar o sistema, escolha a resolução desejada.

Espero ter ajudado, já que essa é uma dica básica, no xorg.conf tem muito configurações para fazer.

Obrigado pela atenção, até próxima.

 
Deixe um comentário

Publicado por em fevereiro 20, 2011 em Dicas

 

Tags: , , , , ,